Quantas horas e quantos dias tem o ano escolar?

Em SP isso depende da vontade da diretora da escola…

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (lei federal 9394/1996) determina: “a carga horária mínima anual será de oitocentas horas, distribuídas por um mínimo de duzentos dias de efetivo trabalho escolar, excluído o tempo reservado aos exames finais, quando houver” (inciso 1 do artigo 24).
No Estado de São Paulo, a carga horária é de 1.000 horas em 200 dias letivos…
Aí vem a notícia que é uma verdadeira confissão do crime que é cometido diariamente contra nossas crianças nas escolas públicas:
“(…) os alunos ainda foram dispensados ontem à tarde [18/02] após duas horas de aula, pois o refeitório da unidade também não está pronto. Foi servida às crianças merenda “seca”, como sucos prontos e bolachas.
De acordo com uma professora, a diretora havia informado anteontem que o ano começaria mesmo sem todas as salas de aulas com o mobiliário, pois havia a necessidade de cumprir 200 dias letivos, total obrigatório por lei”.

(Notícia sobre a Escola Estadual Presidente Café Filho, que atende crianças de 6 a 10 anos. “Alunos assistem à aula sentados no chão“, Jornal da Tarde – 19/02/2010)

EE Presidente Café Filho é ESCOLA NOTA ZERO
Uma rápida consulta ao Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação de SP) mostra que esta escola vem continua muito ruim, sendo que o ensino médio piorou mais ainda. Vejam as notas deste escola no IDESP:
2007 – 8ª série do ensino fundamental = nota 1,33 (nota varia de 0 a 10)
2008 – 8ª série do ensino fundamental = nota 1,56 (nota varia de 0 a 10)
2007 – 3ª série do ensino médio = nota 0,94 (nota varia de 0 a 10)
2008 – 3ª série do ensino médio = nota 0,76 (nota varia de 0 a 10)

Memória:
Questionário para professores
1. Quantos dias tem um ano?
Resposta: 200 dias… mas acho muito… queremos diminuir para 150.
2. Quantos minutos tem uma hora?
Resposta: 45 minutos… mas já estamos ameaçando greve para reduzir para 40 minutos.
3. Quantos alunos têm uma sala de aula?
Resposta: 20 de “carne e osso”… e 20 a 30 “fantasmas”… mas ganho por “50″ cabeças…
4. Como é possível manter três empregos ao mesmo tempo?
Resposta: É só assinar o “ponto” a lápis… ou dar três aulas ao mesmo tempo.
5. Qual deve ser o piso salarial dos professores?
Resposta: 3 salários mínimos… não podemos ganhar menos que nossas empregadas domésticas… e tem a prestação do carro novo…
6. Quem é que gosta de aluno?
Resposta: Dono de cantina.
7. O quê você acha da progressão continuada?
Resposta: sou contra trabalhar e ter de prestar contas do meu serviço… ninguém aguenta fazer relatórios e avaliar alunos… o melhor é “passar o abacaxi” para o professor da série seguinte…
8. Quem é que paga o teu salário?
Resposta: 55 mil respondem que é o Kassab… 220 mil respondem “o Serra”… todos ignoram que são os pais dos alunos…
9. Qual é o nome dos seus alunos?
Resposta: não sei… só os conheço por números… nº 1… nº 35… nº 300… é tudo como se fosse gado…
10. Por que você não muda de profissão?
Resposta: Tá Louco? Onde é que eu vou achar um emprego em que ninguém é fiscalizado e nem avaliado? Onde é que tem um emprego onde a culpa do fracasso é de todos, menos do profissional encarregado de executar o serviço? Qual outra profissão em que você recebe “bônus” pelo fracasso? Até vender banana na feira exige maior dedicação do que se exige nas escolas públicas…
(publicado em 28/09/2007 – 08:07 – Não ensino nada, mas ganho todo mês…)

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 323 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: