Vencedores do Prêmio IgNóbil de Educação 2008

Experiências, estudos ou pesquisas que não podem e nem devem ser repetidas na área da Educação.

A Academia Real de Ciências Ocultas de Piratininga divulga os vencedores do Prêmio IgNóbil de Educação 2008
1º Prêmio: Ministério da Educação pela sua ” Conferência da Mentirinha “. Pelo boicote aos pais na 1ª Conferência da Educação Básica (Brasília – abril de 2008).
– Sumiram com as propostas aprovadas pelos pais de SP (Criação da Promotoria da Educação no Ministério Público; Gestão democrática das escolas: informação, transparência, paridade, e controle externo; Eleição direta para diretor de escola; etc) ;
– Sumiram com as fichas dos delegados que reapresentariam os pais de SP; houve denúncias de manipulação da escolha dos pais em MG e no Pará também…
– Não confirmaram todos os nomes dos pais de SP; alguns pais só foram “confirmados” na véspera da conferência da Mentirinha, inviabilizando a participação;
– Os debates foram para defender as corporações. Teve até um professor-doutor criticando o fato de alunos passarem de ano sem aprender… mas o professor-doutor não denunciou que professor também “passa de ano” e recebe seu salário sem ensinar as nossas crianças.
Leia mais aqui: ” Conferência da Mentirinha

Prêmio Ignóbil de Educação Pior Escola
Escola Estadual Lucas Roschel Rasquinho (S. Paulo-SP)
Agressão contra aluno, perseguição contra os pais, etc…

Prêmio Ignóbil de Educação Pior Cidade Inimiga da Criança
Londrina (Paraná): Polícia revista crianças dentro das escolas da cidade… dizem que tem a conivência do conselho tutelar, do ministério público, do poder judiciario e da imprensa… leia aqui

Prêmio Ignóbil de Educação Pior Reportagem
TV Bandeirantes: campanha contra alunos das escola spúblicas… pede a revogação do Estatuto da Criança e do Adolecente (lei federal 8069/1990) para que professores possam punir mais ruramente os alunos das escolas públicas.

Prêmio Ignóbil de Educação em Matemática
Sindicato de professores de SP: defendem a hora de “50 minutos”, mas querem receber por 60 minutos… ameaçam fazer greve… não se preocupam em dizer como vai ficar o direito dos alunos em receber um mínimo de 800h de aulas em 200 dias letivos… ( leia aqui )

Prêmio Ignóbil de Educação em Paz e Direitos Humanos
Coordenador do Curso de Medicina da Universidade Federal da Bahia: ele “achou” o culpado pelo baixo nível do curso de medicina na Bahia: o “Q.I.” dos baianos! ( leia aqui )

Veja a lista de todos os indicados aqui

Postado por Mauro A. Silva – Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública
www.reocities.com/coepdeolho

Publicado originalmente no blog
Cremilda Dentro da Escola cremilda.blig.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s