A censura no Portal Luis Nassif

A censura no Portal Luis Nassif
O caso do Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública – COEP

***
O Mauro Alves da Silva foi expulso do Portal Luis Nassif porque divulgou o Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública

***
O Movimento COEP foi criado para defender os alunos, as mães, os pais e a comunidade. Para garaantir o direito deles nas escolas públicas

***
O Movimento COEP é adversário do mau corporativismo que reina nas escolas públicas. Qualquer crítica ao mau professor é tida como heresia.

***
O Nassif criou um tópico:
O Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública
“Convido o Mauro Alves da Silva – presidente do Movimento – a explicar o que é essa organização, como foi constituída, quantos membros têm, quais os trabalhos que desenvolve”. (Nassif, 27/01/2010)

***
O Mauro apresentou o Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública
Movimento COEP
O Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública foi criado porque as diversas entidades voltadas à questão da Educação são corporativistas, não tendo a prioridade de garantir um ensino de boa qualidade a partir do ponto de vista do aluno.

***
Entidades do Movimento COEP:
– NAPA – Núcleo de Apoio a Pais e Alunos
– NEPPAL – Núcleos de Estudos, Participação e Propostas de Atividades Livres
– Grêmio SER Sudeste

***
O Portal Luis Nassif expulsou o Mauro Alves da Silva sob o seguinte argumento fajuto:
Uma mensagem a todos os membros de Portal Luis Nassif
O membro Mauro Silva, de uma tal COEP – suposto movimento de defesa da escola – foi suspenso da comunidade.
As razões são as seguintes:
1. Ele se apresentou em nome de um movimento que supostamente envolveria entidades em defesa da escola.
2. Não apresentou um nome sequer de entidades ou demais integrantes da tal organização.
3. No Google, as únicas informações sobre essa entidade eram as notas publicadas aqui e no Blog. Portanto corríamos o risco de dar vida a uma organização que, a rigor, não demonstrou existir.

***
Curiosamente, a expulsão do Mauro aconteceu logo que ele publicou o artigo:

TCM emite parecer sobre SAFADEZAS NA EDUCAÇÃO

***
Os anônimos professores que se escondem atrás de pseudônimos devem ter ficado furiosos com a revelação feita pelo Movimento COEP:

TCM emite parecer sobre SAFADEZAS NA EDUCAÇÃO

***
TCM emite parecer sobre SAFADEZAS NA EDUCAÇÃO

Em ofício datado de 18/04/2001 (SSDG-GAB nº 0454/2001 – Processo TC nº 72-007.322.99-84), referente à “apuração da regularidade da dispensa de ponto concedidos aos servidores da Educação…

***
TCM emite parecer sobre SAFADEZAS NA EDUCAÇÃO

o Tribunal de Contas do Município de S. Paulo (TCM) reconheceu a total falta de base legal para a dispensa dos servidores para atividades sindicais, as quais atingiram o montante de 119.836 dispensas…

***
Parece que o mau corporativismo que domina as escolas públicas achou inaceitável divulgar a informação de que vários professores recebiam sem trabalhar e deixavam milhares de crianças sem aulas…

***
Ao invés dos professores se explicarem, apelaram aos administradores do Portal Luis Nassif para censurar quem estivesse mostrando a todos os brasileiros que não passa de um mito a figura do “professor-abnegado”.

***
O Portal Luis Nassif censurou todos artigos do Mauro Alves da Silva…
Mas deixou todos os artigos escritos por pseudônimos que covardemente promoviam ofensas pessoais contra o Mauro…

***
O Portal Luis Nassif censurou todos artigos do Mauro Alves da Silva…
e ignorou completamente a denúncia sobre entidade que se autodenomina sindicato sem ter a “carta sindical”…

***
Vejam os artigos do Mauro Alves da Silva que o Portal Luis Nassif censurou:

***
A Década da Educação

Temos a oportunidade de fazer desta a Década da Educação.

***
Como identificar um mau professor?
(05/01/2010)

“um terço dos professores é muito bom, um terço pode ficar bom, um terço deve mudar de profissão”. (Lorraine Moureau)

***
Educação, Direitos Humanos & Comissão da Verdade
(09/01/2010)

O 3º Programa Nacional de Direitos Humanos (decreto nº 7.037/2009) propõe implantar um sistema nacional de registro de ocorrência de violência escolar,

***
Exame de SP reprova 40% dos professores temporários

Dos 182 mil candidatos -incluindo os que ainda não dão aulas-, 48% erraram mais da metade das questões da prova. (21/01/2010)

***
A (ir)responsabilidade dos professores
(06/01/2010)

No artigo “Ensinando impunidade” (…) Ele fala da responsabilidade dos alunos, das famílias, do “sistema”, e do Estado. Mas não fala da (ir)responsabilidade dos professores

***
Núcleo de Apoio a Pais e Alunos
Vamos apresentar como foi a criação do NAPA

Em 1996, uma mãe de aluno procurou a Comissão da Criança e do Adolescente da OAB-SP para fazer denúncias contra a Escola Municipal Emef Theodomiro Dias (Butantã, zona oeste da capital de SP).

***
Pesquisa do IBGE esconde violência da escola e do professor
(17/01/2010)

curiosamente, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) não pesquisou as agressões diárias praticadas por professores, funcionários e direção escolar.

Anúncios

3 Respostas para “A censura no Portal Luis Nassif

  1. Voce é igual a Cremilda… foge ao debate….

  2. tem muitos menbros desqualificados que estão lá me expulsaram também hoje agora mesmo,não recebi nenhuma justificativa.até parece que faz campanha para um unico candiato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s