TV Record já tem a sua “Miss Ratinho”


Em televisão de ratinhos cegos, quem tem um olhar vesgo é escolhida Miss Ratinho
Os Três Patetas
A jornalista Luciana Liviero não gosta que classifiquem o seu telejornal Record Notícias como um programa policial… Nisso ela tem razão: o programa não é policial… o programa é um simulacro de jornalismo contra as crianças, contra os adolescentes e contra os alunos das escolas públicas…

A última da “miss ratinho” é regojizar-se de alegria por um adolescente de 17 anos ter sido preso sob acusação de colocar fogo na cortina da Escola Municipal Professora Maria Clotilde Lopes Comitre Rigo (Praia Grande – SP)
A reportagem chama o adolescente de “criminoso” e divulga uma  entrevistou com a diretora da escola: “os problemas que ele tinha eram problemas de comportamento, às vezes faltando com o respeito com professores, chutando porta, mas nada além disso”…
Mas, curiosamente, a reportagem não informou que a escola Professora Maria Clotilde é uma escola para alunos de 1ª a 4ª séries do ensino fundamental, para alunos de 6 a 10 anos… Teria o aluno sido expulso dessa escola aos 10 ou 11 anos de idade?
Outro dado importante: esta escola municipal Professora Maria Clotilde está entre as piores do Estado de SP e do próprio município da Praia Grande. (segundo dados do MEC – Prova Brasil 2007). Esta escolinha também tem uma das mais baixas cargas horárias do Brasil… a escolinha também tem cerca de 20% de alunos “reprovados” (distorção aluno-série)…

Reportagem vesga só enxerga um lado da história
A TV Record poderia fazer uma bela reportagem ouvindo a história do adolescente e da comunidade do entorno da escola. Lá é uma comunidade extremamente carente: “Escola recebe 250 bermudas e capas de chuva (…) Para a diretora da escola, Elaine Pereira Rosa, a doação é muito bem-vinda, já que o público da escola é formado por famílias de baixa renda. “Em dias de chuva, muitos faltam ou chegam à escola encharcados. Essas capas de chuvas serão muito úteis”, comentou” (Portal Cidadão PG, 3011/2007)
Em uma breve pesquisa já podemos constatar que a escolinha se auto elogia por oferecer alfabetização para jovens e adultos… Então ficamos assim: a escolinha não alfabetiza as crianças, que é a sua obrigação… e, anos mais tarde, cria um programa para alfabetizar aquelas crianças que foram expulsas da escola ou que saíram sem saber ler nem escrever…
Essa escolinha mais parece uma piada dos Três Patetas… seria cômico, se não fosse trágico.

Memória:
04/03/2007 – 18:06
PÔÔRRADA! PÔÔRRADA! PÔÔRRADAAA!

O Ratinho, apresentador de televisão no SBT, justificou a atitude da professorinha italiana que furou a língua de um aluno de sete anos..
Segundo ele, o aluno devia ser um capeta…
Quem pode condenar uma professorinha por furar a língua do capeta?
Então fica assim: basta tachar uma criança de “capeta” e todo tipo de violência poderá ser praticada contra ela, mesmo que tenha apenas 7 anos.
(leia o artigo completo aqui)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s