A fada-dos-dentes e os 55% das professoras

A presidenta do sindicato das professoras de SP disse que a adesão à greve atingiu 55% da categoria…

Só mesmo quem acredita na fada-dos-dentes é que acredita nestes números fantasiosos…
Na verdade, a falta de aulas sempre foi generalizada, seja com professora em sala de aula, seja com professora em greve…
Se houvesse uma verdadeira liderança sindical, representativa de pelo menos 55% da categoria, a questão da má educação, do mau ensino e da degradação do magistério já teriam sido resolvidos há muito tempo.

A fada-dos…, digo a presidenta do sindicato deve ter-se confundido toda: o fato é que 55% das professoras foram reprovadas na provinha das ACTs (Admitidas por Contrato Temporário)… devem ser estas professoras reprovadas que estão fazendo a propaganda da greve…

Professoras não são tudo “farinha-do-mesmo-saco”
Um grande equívoco da imprensa é ignorar completamente que a classe das professoras é muito diversificada e segmentada, sendo que em muitos casos estes segmentos são até mesmo conflitantes.
Os interesses das professoras concursadas não podem ser confundidos com os interesses das professoras “contratadas” (ACTs).
Raramente uma professora do ensino fundamental 1 (1ª a 4ª série) faz greve, pois sua ausência será imediatamente identificada; e as mães farão cobranças diretas.
No caso das professoras de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental (e também do ensino médio) é mais fácil enganar, pois a (ir)responsabilidade pela falta de aulas é distribuída e dissolvida entre diversas professoras, muitas das quais são desconhecidas até mesmo dos alunos…

Professora do ensino médio não gosta de aluno pobre?
A greve das professoras afeta mais fortemente os alunos do ensino médio, mais especificamente os alunos da 3ª série do ensino médio. São estes alunos que vão tentar entrar na faculdade ou mesmo disputar as vagas no mercado de trabalho…
Com a greve, “por tempo indeterminado”, as professoras estão favorecendo os alunos das escolas particulares… é fato que muitas professoras da escola pública têm seus filhos nas escolas particulares, mas isto será debatido em outro artigo…

A greve é um direito constitucional…
Entendemos que as professoras têm todo o direito de fazer greve.
O que não dá para aceitar é que professoras reprovadas ou as professoras-nota-zero continuem vendendo aulas nas escolas públicas. Também não dá para aceitar a “isonomia burra”: as péssimas professoras recebendo o mesmo que as professoras que sabem a matéria e se esforçam para que seus alunos aprendam as lições.
Esperamos que a Justiça julgue rapidamente esta greve, punindo os abusos, sejam eles praticados pelo governador ou pelo sindicato de professoras.

P.S.: Comentários adicionais:
1) É curioso notar que a presidenta do sindicato das professoras está pedindo apoio dos pais de alunos para a greve… A mesma corporação que boicotou a participação dos pais na 1ª Conferência da Educação Básica (em 2008) e que também manipularam as conferências municipais e estaduais de educação para colocar “professoras” nas vagas das mães e pais de alunos… tudo isso para impedir que as mães e os pais apresentassem propostas na Conferência Nacional de Educação (Brasilia, abril de 2010)… propostas de “eleição direta para diretor”, fiscalização da atuação e do desempenho das professoras, gestão democrática nas escolas, criação das promotorias da Educação no âmbito do Ministério Público etc…

2) Pelo número de professoras que estão fazendo comentários ofensivos (todos devidamente bloqueados), sugerimos que a Secretaria de Educação verifique diariamente a lista de presença nas escolas. Pode ser que tenha muita professora assinando o “livro-de-presença” sem dar aulas… devem estar usando os computadors da escola…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s