Educadora Nota 10

Não basta ser professora. Tem que ser Educadora!
A juíza Maria Leticia Pozzi Buassi é uma Educadora Nota 10. Ela deu uma dura lição de cidadania a quem viola os direitos das crianças nas escolas: ela condenou 8 professoras a 4 anos de cadeia por praticarem tortura contra crianças pequenas em uma creche na cidade de São José do Rio Preto-SP. A juíza da 4ª Vara Criminal de Rio Preto não deixa dúvidas na sua sentença, afirmando que o caso não era de maus tratos, mas sim de tortura: “as rés agiam de forma sádica, egoísta e violenta ao agredir e humilhar as crianças (…) Algumas crianças teriam sido jogadas contra a parede e no chão, o que nelas gerou grande sofrimento físico e moral ante a humilhação perante os colegas. (…) Urge consignar que a tortura perpetuou-se pelo período no qual trabalharam as rés na escola, o que caracteriza o crime continuado“.
Essa corajosa juíza é a mesma que já mandou para a cadeia dezenas de traficantes que também se uniam em quadrilhas para praticar crimes.
É uma pena que ainda existam pessoas defendendo o uso de “varas”, palmadas, socos e pontapés contra nossas crianças e adolescentes.
Passados 20 anos da promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente, finalmente encontramos uma juíza com coragem para dizer o que muitos já sabiam, mas não diziam: existe tortura nas escolas públicas brasileiras.
Esperamos que a dura lição ensinada pela juíza seja apreendida por todos nós, principalmente para aqueles que ainda se iludem com a figura da “professora-santa”, figura que estaria acima de qualquer suspeita.
As crianças e adolescentes do Brasil terão uma dívida de gratidão para com a juíza Maria Leticia Pozzi Buassi, uma Educadora Nota 10.


Connie Talbot – aos 3 anos de idade

(Somewhere) Over The Rainbow

Tradução:

Além Do Arco-Íris
Em algum lugar sobre o arco-íris
Bem alto
Existe uma terra sobre a qual eu ouvi
Uma vez numa canção de ninar
Em algum lugar sobre o arco-írus
Os céus são azuis
E os sonhos que você se atreve a sonhar
Realmente se realizam
Um dia eu farei um pedido a uma estrela
E acordarei onde as nuvens estejam longe
Detrás de mim
Onde os problemas derretam como pastilhas de limão
Longe do topo das chaminés
E lá você me encontrará
Em algum lugar sobre o arco-íris
Pássaros azuis voam
Pássaros voam sobre o arco-íris
Por quê, então, porque eu não posso?
Se felizes passarinhos azuis voam
Além do arco-íris
Por quê, porque eu não posso?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s