Grande Liquidação de Verão: escolinhas de 1,99 por 1,81…

Grande Liquidação de Verão: escolinhas de 1,99 por 1,81...

Grande Liquidação de Verão: escolinhas de 1,99 porr 1,81...

Quem é que faz o controle social sobre as escolas públicas?
Será a Folha de São Paulo? Aquela que tem contratos milionários com o governo de SP e vende seus jornais para as escolinhas públicas de SP?
Será a poderosa TV Globo? Aquela que recebe gordas verbas publicitárias do Governo de SP? E que também teve um terreno público “doado” para ela formar seus funcionários?
Será o sindicato das diretoras? Aquele sindicato que disse que “não interessa o que diz a lei… criança sem uniforme não entra na escola”?
Será o sindicato das professorinhas? Aquele sindicato que faz greve para exigir a efetivação dos professores nota zero?
Será o aquele promotor que quer rebaixar a idade penal e colocar nossas crianças nas cadeias?
Será aquele juiz que só ouve as professorinhas e mantém um blog defendendo o uso de vara nas crianças?

“Nota” do ensino médio do Estado de SP cai e chega a 1,81 em uma escala de zero a dez
Esse desastre educacional é muito pior do que qualquer desastre natural…
Isso é fruto do descaso de diversos segmentos sociais do Brasil.
A imprensa só faz ouvir os governantes e os sindicatos.
Em nenhum momento é dado voz aos alunos, nem às mães, nem aos pais, e nem à comunidade do entorno escolar.
Vejam que a farsa educacional já começa no período das matriculas, quando são exigidas ilegais taxas e também é feita “reserva de vagas” para quem pode pagar mais!
No início do ano letivo é obrigatória a realização da eleição do conselho de escola (alunos; mães e pais; professores; e funcionários). Mas a farsa acontece já no s primeiros dias de aulas, quando a direção escolar “escolhe a dedo” os membros do conselho de escola!
as avaliações externas somente começaram a ser divulgada a partir de 2005. Mas, ainda hoje, tem governantes pactuando com sindicalistas para não divulgar as notas por escolas…
No caso do Saresp (sistema de Avaliação do Rendimento Escolar de SP), nunca é divulgado o número total de alunos da respectiva série avaliada. Essa manipulação visa proteger as más direções escolares que “escolhem” os alunos “mais preparados” para fazer a prova… Uma melhor avaliação garante um gordo bônus para os professores e funcionários da escola!

Memória do desastre educacional em SP:
2007 – presidente do sindicato da diretorinhas diz que não respeita a lei…
2008 – desaparecem com as propostas apresentadas palas mãe e pelos pais na 1ª Conferência Estadual do Ensino Básico (Guarulhos, 2008);
2009 – MEC boicota a participação das mães e pais na 1ª Conferência Nacional do Ensino Básico (Brasília, 2008);
2009 – Governo de SP distribuiu 28.500 exemplares das Cartilhas dos Corvos (Normas Geais de Conduta Escolar), orientando as escolas a ilegalmente suspender e expulsar alunos;
2010 – Sindicato das professorinhas faz greve de 30 dias para garantir o emprego dos professores nota zero;
2010 – Governo de SP suspende as aulas por conta da “gripe dos porquinhos”;
2010 – Professorinhas promovem a farsa da reposição de aulas… ninguém viu nada, nem a imprensa e nem as autoridades públicas;
2011 – Novo governo de SP não exige que as escolas promovam eleições democráticas para o conselho de escolas;
2011 – Secretário Herman VoldMort só ouve o sindicato das professorinhas;
2011 – Tudo como dantes no quartel de Abrantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s