ENEM prá inglês ver!

A presidenta do INEP, professora Malvina Tuttman, derramou lágrimas de crocodilo ao falar sobre a (não) divulgação das notas das escolas no ENEM 2010 (Exame Nacional do Ensino Médio).
O INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais está vinculado ao MEC – Ministério da Educação.
A questão essencial não é como as escolas particulares e os cursinhos vão usar estas notas… se vão usar como propaganda… e nem mesmo como a imprensa ignorante vai construir um ranking fajuto, um ranking pra inglês ver!!!
A demora na divulgação das notas do ENEM 2010 atende aos interesses dos maus corporativistas, aqueles que não aceitam nenhum tipo de avaliação sobre os seus péssimos serviços prestados nas escolas brasileiras. Sem divulgar as notas das escolas, fica mais fácil enganar alunos e seus pais, dizendo que eles é que são os responsáveis pelo fracasso escolar… e viva o mito da professorinha-santa-abnegada!!!

O Movimento COEP sempre registrou que o mais importante era saber o número de alunos matriculados (nas respectivas séries), comparando-os com o número dos alunos que realizaram a prova do ENEM. Se uma escola tem 100 alunos, mas escolhe apenas 30 alunos para fazer a prova do Enem, toda a comunidade fica sabendo que a sua posição no “ranking” não passa de propaganda enganosa. Escola que “escolhe alunos” confessa sua incapacidade de ensinar.

Embora a professora Malvina Tuttman diga que o ENEM não é ranking; e que o ENEM serve para avaliar o nível do ensino médio no Brasil, causa estranheza que o Ministério da Educação (e o INEP) apaga as notas das escolas nos anos anteriores, impedindo-se que a sociedade brasileira possa verificar se houve evolução/involução de cada uma das escolas ano a ano. Essa omissão/sonegação de informação é tão ou mais grave do que simplesmente divulgar as notas das escolas como sendo a média das notas dos alunos que efetivamente fizeram a prova do ENEM.

Por último, solicitamos à presidenta Dilma Rousseff que obrigue o MEC/INEP a divulgar o arquivo completo dos resultados do desempenho das escolas (desde 2005), de tal forma que os alunos, as mães, os pais e a comunidade possam tirar suas próprias conclusões sobre os desempenhos das escolas e a respectiva evolução/involução ao longo dos anos.

P.S.: Informamos à professora Malvina Tuttman que este artigo está sendo enviado ao seu email presidencia@inep.gov.br , que ela divulgou na Globo News em 26-05-2011 (Malvina Tuttman participa de chat sobre o Enem).

São Paulo, 18 de agosto de 2011.
Mauro Alves da Silva.
Coordenador do Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública
http://movimentocoep.ning.com/

LEIA MAIS AQUI:
18/08/2011 17h24 – Atualizado em 18/08/2011 18h16
Desempenho de escolas no Enem será pelo número de alunos inscritos
Inep quer camuflar a formação de ‘ranking’ das melhores instituições.
Resultado do exame de 2010 será divulgado em setembro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s