O MEC e o INEPto estão escondendo o desempenho das escolas em matemática.


A melhora de apenas em 2% (dois por cento) no desempenho das escolas no ENEM 2010 (Exame Nacional do Ensino Médio) pode ser pura ficção estatística, pois o Ministério da Educação (MEC) seu instituto INEP, agora conhecido como INEPto, estão deliberadamente dificultando a comparação da evolução do desempenho das escolas nas provas objetivas de matemática, por exemplo.
Os “iluminados” técnicos do Portal MEC/ INEPto sumiram com as notas médias das escolas no ENEM-2009, impedindo-se que os cidadãos possam comparar se houve, de fato, evolução no desempenho das escolas no ENEM-2010.
Parece que os funcionários do MEC/INEPto ignoram que os cidadãos são os seus legítimos patrões, tendo o direito de ter informações claras, objetivas e precisas. É inaceitável que o MEC/INEPto faça o jogo dos maus professores, aqueles que querem continuar enganando alunos, mães, pais e comunidade, fazendo o jogo da uma corporação de maus professores que transformaram a escola pública em um mero cabidão de empregos.

Vejam que o MEC/INEPto há muito tempo vem sonegando informações básicas à população brasileira, pois somente a partir de 2005 é que começaram a divulgar o desempenho das escolas no ENEM… e, mesmo assim, a cada ano os “gênios” do MEC/INEPto apagam do Portal os resultados dos anos anteriores.

E a imprensa chapa-branca fica caladinha e sempre dócil com a engabelação do MEC/INEPto, pois somente assim é que ela poderá receber, com “exclusividade”, os arquivos completos sobre o desempenho das escolas no ENEM…
Registre-se que o MEC/INEPto sonega estes arquivos completos ao cidadão, justamente quem paga os fabulosos salários dos funcionários do MEC/INEPto.
O MEC/INEPto manipula até mesmo os arquivos entregues à imprensa. No caso do arquivo do ENEM-2009, o MEC/INEPto não divulgou as notas de matemática e língua portuguesa. Isto impede que seja feito, agora, uma efetiva comparação com o desempenho das escolas no ENEM-2010.

Viúvas da ditadura militar e a escolinha José Ezequiel Souza.
No caso concreto, vimos que a imprensa chapa-branca já elegeu uma nova escolinha pública autoritária como a sua “queridinha”… Abandonaram a escolinha estadual Lucia de Castro Bueno (Taboão da Serra), do diretor-ditador-durão, e abraçaram a escolinha municipal de ensino fundamental e médio José Ezequiel Souza (Taubaté-SP), da diretora-ditadora-durona…
No Portal IG, que está fazendo uma campanha contra a nota do IDEB no portão da escola, encontramos a seguinte notícia:
“Ao ser informada do resultado pelo iG, a diretora Maria Aparecida Franco Moreira reagiu com uma meiguice que contrasta com a linha dura que adota. (…)Para qualquer incidente, a escola faz boletim de ocorrência, abreviado lá, como nas delegacias, por BO. “É tudo xerocado e passado para pai, aluno, professor e direção, com isso a gente conversa e toma providências. Às vezes, até convido o aluno a se afastar um dia para pensar. Suspender não pode, mas eu convido”, conta.” (“Linha dura é receita da 1ª colocada pública regular de SP no Enem”, Portal IG de 12-09-2011).
Por que as viúvas da ditadura militar não divulgam que a grande maioria das escolas públicas brasileiras é “linha dura”, autoritária, violenta, inclusive desrespeitando a lei e xingando e agredindo e suspendendo e expulsando nossas crianças?
Por que as viúvas da ditadura militar não divulgam o nome das escolinhas “linha dura” que tiram notas extremamente baixas no IDESP, por exemplo?
A escolinha Ezequiel tinha 315 alunos na 3ª série do ensino médio em 2008; 206 alunos em 2009; e 227 alunos em 2010… Como o MEC/INEPto esconde dados da população, não dá para saber se a diretora-ditadora-durona fez uma “limpa” na escola: “sumiram” 109 alunos (ou vagas) na passagem de 2008 para 2009… No ano de 2010, com 227 alunos matriculados na 3ª série do ensino médio, ainda ficaram faltando 88 alunos (ou vagas)…
Esse é o modelo das “escolinhas-linha-dura”: o modelo da exclusão.
Escola “linha dura” não é receita para um bom desempenho… escola “linha dura” é a prova cabal de que a ditadura e o autoritarismo continua firme e forte e vivo nas escolas públicas brasileiras.

Por último, renovamos nosso pedido:
Presidenta Dilma Rousseff: continuamos esperando a divulgação completa das notas do ENEM 2010 sem que se “apaguem” os resultados do ENEM 2009. Transparência Já.

São Paulo, 13 de setembro de 2011.
Mauro Alves da Silva
Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública.
http://MovimentoCOEP.nng.com

Anúncios

Uma resposta para “O MEC e o INEPto estão escondendo o desempenho das escolas em matemática.

  1. Carlos Tadeu Galvão

    Caro Sr. Mauro Alves,
    Sou professor da disciplina Língua Portuguesa na ESCOLA Municipal de Ensino Fundamental e Médio Professor José Ezequiel de Souza, localizada em Taubaté, no estado de São Paulo. Tenho graduação em Letras, Mestrado em Literatura Brasileira e Doutorado em Literatura Comparada, títulos obtidos na UERJ, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. No ano passado, a nossa ESCOLA contava com seis turmas de 3º ano no Ensino Médio. Fui o professor de cinco dessas seis salas. Nossa ESCOLA não é uma “escolinha”. Tudo nela pode e deve ser pensado no superlativo, devido à quantidade de funcionários (incluindo aí direção, professores, e outros fundamentais colaboradores), alunos, virtudes e, admito, de “defeitos” que possui. Ao referir-se à nossa ESCOLA como uma “escolinha” e ao insinuar de forma leviana que nossa diretora “fez uma limpa”, ou mascarou dados, o senhor atinge de forma injusta, covarde até, toda uma comunidade que vem trabalhando diariamente para que possamos alcançar resultados, que são mais que merecidos e esperados. E parece não perceber que ao fazer afirmações desavisadas, sem qualquer tipo de prova, coloca em dúvida o seu próprio trabalho no Movimento Comunidade de Olho na ESCOLA Pública, atividade que tenho certeza de que todo o pessoal da rede pública de ensino gostaria de apoiar. Esteja à vontade para vir conhecer a nossa ESCOLA. Falo em meu nome, mas estou certo de que a Direção do EZEQUIEL apoiará o meu convite. Sem mais para o momento, Professor Doutor Carlos Tadeu Galvão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s