TV Globo, Fantástico e professores “sem-classe”.

Mais uma vez o programa Fantástico (“Conselho de classe”, TV Globo, 20-11-2011) levou ao ar um novo capítulo da farsa que pretende livrar a cara das professorinhas-santas-abnegadas e demonizar os alunos das escolas públicas brasileiras.

Muitos colaboradores e simpatizantes do Movimento COEP haviam solicitado que fizéssemos uma avaliação sobre o quadro “Conselho de classe” (Programa Fantástico, TV Globo, 13-11-2011).

Já suspeitávamos que seria mais uma farsa produzida por jornalistas preguiçosos, para não dizer mal intencionados. Vide o que foi feito em 2010 (quadro “Turma 1901”).

De qualquer forma, mesmo já tendo feito uma avaliação preliminar sobre o programa apresentado em 13-11-2011, esperamos a divulgação do mais novo “capítulo”, em 20-11-2011.

No quadro apresentado em 13-11-2011, fica evidente que o Fantástico está mais preocupado com o show do que com a realidade. Professores estereotipados: “o exigente”, “a linha dura”, “o hiperativo”, “a mãezona”…

Os dados fundamentais ficam perdidos ao longo do “reality show”: a sala não está super lotada… a escola é de ensino integral (7 horas diárias)… não é apresentada a rotina dos alunos nem da escola… não é divulgada a nota da escola municipal República do Peru na Prova Rio de Janeiro [governo e corporação não prestam contas à sociedade]…

Os fatos graves são ignorados pelos coreógrafos [e não jornalistas] do Fantástico: professor perde o controle da classe… professor grita constantemente com os alunos… professor humilha aluna em rede nacional… aluno fala que é odiado pelo professor… professor fala que a relação com os alunos é de amor e ódio…

Pra não dizer que não falamos da [falta de] pedagogia, lembramos que os coreógrafos do Fantástico esqueceram de dizer que os alunos da “sala especial” não aprenderam porque seus professores também não ensinaram…

Uma curiosidade: o professor “hiperativo” mistura Deus com Darvin, ao sugerir que Deus criou o Australopithecus (macaco do sul), ancestral do Homo Sapiens, a sua imagem e semelhança… O que dirá os professores de religião que infestam as escolas do Rio de Janeiro? Este fato inusitado seria cômico, se não fosse trágico…

Finalmente, para não deixar dúvidas de que o reality show não tem compromisso com a realidade, o Fantástico apresentou uma coreografia onde alega que o professor disse “72 vezes” a palavra “senta”… as cenas mostrarem o professor “exigente” [que ama e odeia seus alunos] com camisas diferentes… seriam dias diferentes??? Mas isso não tem importância… o que importa é o show… e que se dane a realidade.

Professora ou vendedora de perfumes? Programa Fantástico sem classe (TV Globo, 20-11-2011).

Por dever de ofício, resolvemos assistir ao quadro “Conselho de classe” (Fantástico, TV Globo, 20-11-2011).

O programa começa apresentando a professora “linha dura” com cara de sono, dizendo que muitas vezes não tem vontade de ir à escola…

Mas, inadvertidamente, os coreógrafos [não são jornalistas] do Fantástico cometem um ato falho: dizem que a professora “linha dura” recebe R$ 1.340,00 de salário… mas é por trabalhar tão somente 16h (dezesseis horas) por semana… e que faz “bico” como vendedora de perfumes…
Será que a professora-vendedora-de-prefumes trabalha com a empresa patrocinadora deste reality show?

Para uma mãe ou pai de família fica difícil entender como é que uma pessoa consegue um emprego onde trabalha apenas 16h por semana, pouco mais de 3h por dia, quando a maioria da população trabalha 44h (quarenta e quatro horas por semana (8h por dia e mais 4h aos sábados) para ganhar menos de R$ 1.090 (menos de 2 salários mínimos)…

Se a professora-vendedora-de-perfumes trabalha pouco mais de 3h na escola, significa que o seu cansaço deve estar relacionado a outras atividades…

Faltou os coreógrafos [não são jornalistas] do Fantástico informarem qual é a atividade principal da professora “linha dura”: vender aulas por 3h ou vender perfumes pelo resto do dia?

Talvez o Fantástico esteja passando a mensagem sublminar de que é mais negócio vender perfumes do que vender aulas…

Para não dizer que não falamos sobre a [falta de] pedagogia, identificamos o completo equívoco dos professores e da direção escolar no caso de um aluno com fortes indícios de hiperatividade. Além de não promoverem atividades diferenciadas, nem esporte e nem cultura, ainda levam o aluno a um tribunal de exceção no qual a diretora acusa o aluno da pratica de um crime (sic): copiar as respostas de um colega…

Vale destacar que a “sala especial” é também para recuperar os alunos que não foram ensinados pela professora “linha dura” de língua portuguesa, aquela que gasta mais tempo vendendo perfumes do que vendendo aulas.

Por ultimo, parece-nos que os parajornalistas do Fantástico estão sofrendo da síndrome de GLEE, uma série norte-americana onde os problemas de uma escola pública sempre são resolvidos com canto, música e dança…sugerimos ao Fantástico que contrate um coreógrafo de verdade, a exemplo do Carlinhos de Jesus, para “coreografar” as professorinhas-santa-abnegadas e seus funks, evitando os espetáculos deprimentes ao final de cada capítulo deste reality show.

P.S.: nossos pêsames ao Carlinhos de Jesus e familiares pela morte do seu filho Carlos Eduardo Mendes de Jesus no último sábado.

São Paulo, 20 de novembro de 2011.

Mauro Alves da Silva
Presidente do Grêmio SER Sudeste – Promoção da Cidadania e Defesa do Consumidor
http://gremiosudeste.wordpress.com/
Coordenador do Movimento COEP – Comunidade de Olho na Escola Pública.
http://movimentocoep.ning.com/

Anúncios

Uma resposta para “TV Globo, Fantástico e professores “sem-classe”.

  1. bem fraquinho, o programa. n vi o dessa semana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s