Quem tem medo da Eleição Democrática do Conselho de Escola?

Vai ano, vem ano… e tudo continua na mesma…
Todos os governantes prometem priorizar a Educação…mas o mais comum é que se esqueçam de uma figura essencial para a educação e para a boa gestão das escolas públicas: as mães dos alunos.

A regra geral é os governantes eleitos nomearem seus apaniguados nos cargos de direção escolar e fechar os olhos para as barbaridades promovidas por uma minoria de maus professores que dominam as escolas públicas: os governantes fingem que gerenciam… os professores fingem que ensinam… os alunos fingem que estudam… e a sociedade finge que se importa…

É muito comum um governante fazer um pacto sinistro com as más corporações de ofício, digo de professores: o governante indica seus apaniguados e os maus professores fingem que trabalham… basta que o governo não fiscalize que o sindicato não faz greve; e que a imprensa não noticie nada de ruim; e que não “encha o saco” do prefeito ou governador… numa mera chantagem para que eles paguem mais propaganda nesta imprensa pouco republicana… Prova disso é que a imprensa não noticia o pacto sinistro feito entre a prefeitura paulistana e o sindicato denorex para não divulgarem a nota das escolas na Prova São Paulo…

Neste universo de cumplicidade criminosa contra o presente e o futuro das nossas crianças, ninguém ousa falar seriamente em gestão democrática das escolas, muito menos em eleição democrática dos Conselhos de Escola.

Todo ano é a mesma coisa: uma direção autoritária escolhendo “a dedo”quem pode e quem não pode ser membro do conselho de Escola. Isso acontece em total desrespeito à lei que determina: alunos votam em alunos, mães e pais votam em mães e pais, professores votam em professores, e funcionários votam em funcionários.

O Movimento Comunidade de Olho na Escola pública desafia os novos prefeitos e os não tão novos governadores a promoverem eleições democráticas dos conselhos de escola, dando-se ampla e prévia divulgação da data da eleição e posterior publicação da ata da eleição, de cada conselho escolar de cada escola.

Desafiamos cada prefeitura a promover o Dia da Eleição do Conselho de Escola.

Sem eleição democrática do conselho de escola, falar em “gestão democrática” é programa “pra inglês ver”; é conversa mole pra boi dormir; é pactuar com o mau corporativismo que domina as escolas públicas do Brasil.

Visite o site do MEC – Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

São Paulo, 7 de janeiro de 2013. 22º ano do Estatuto da Criança e do Adolescente.
Mauro Alves da Silva
Coordenador do Movimento Comunidade de Olho na Escola pública
http://MovimentoCOEP.ning.com

Uma resposta para “Quem tem medo da Eleição Democrática do Conselho de Escola?

  1. Mauro, liga pro José Benedito e cobra lá no município dele! Veja lá no blog. O cel. dele é 9 9990-4165. Depois você me conta. Beijo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s